segunda-feira, 18 de julho de 2016

Anorexia, mas para sempre?


Olá, Blogger! Meus caros e dedicados seguidores, peço-vos desculpa pelas semanas que passei sem vos escrever, mas, apesar de estar de férias, parece que ainda tenho menos tempo para me sentar durante um bocado. Espero que os exames tenham corrido bem a toda a gente! Hoje consegui um bocadinho de paciência e vou falar-vos do que têm sido os meus dias e de algumas coisinhas que me têm incomodado ultimamente.
Apesar de já terem passado mais de dois anos desde que consegui recuperar da anorexia, parece que vai haver sempre uma voz na minha cabeça a dizer "essa pizza tem tanta gordura" ou "tens a certeza de que queres comer esse gelado?". Quando eu estava no pico da minha anorexia, a minha tia (de quem eu gosto muito e temos uma relação brutal) veio a minha casa para lancharmos um dia e trouxe uma amiga. Essa amiga dela passou pelo mesmo, ela teve anorexia quando era muito nova e, depois de ela me contar a história toda, eu fiz-lhe algumas perguntas. Perguntei-lhe se ela se tinha curado completamente, ou se ainda tinha algo de anorética nela. Ela respondeu-me que, apesar de não ter uma obsessão, ainda tinha alguns pensamentos que duraram desde aquela altura.
Eu acho exatamente o mesmo. Hoje a minha mãe comprou-me uma lasanha para o almoço e eu comi-a, mas não fui capaz de a comer toda. Só sentir as natas na minha boca me tirou a fome e a vontade de comer, porque sabia as calorias que aquilo tinha e o que ia fazer ao meu corpo. Nunca fui confiante com o meu corpo, lembro-me de ter complexos no primeiro ciclo, quando os meus colegas me chamavam gorda ou mesmo só gorducha. Agora, com 17 anos, dou muito mais importância à minha aparência e tenho o poder de mudar algumas coisas que não me agradam.
Mas assusta-me, sabem? Assusta-me que, dois anos depois, não sou capaz de comer um pedaço de lasanha sem lhe dar importância. Não tenho nenhuma obsessão nesta fase e estou confiante quando digo que não vou ter num futuro próximo, mas não sei dizer se algum dia esta voz vai desaparecer.


Foto: https://www.buzzfeed.com/maggyvaneijk/tree-of-life?bffbhealth&utm_term=.rf71238NP#.pqvnK1wvY

Sem comentários:

Enviar um comentário